perseguidores do passado impossível

 

 

— a questão é apenas uma — ele disse, e sorveu um gole de café. — comete-se um erro primordial, um erro de começo que determina e desencadeia uma sucessão de erros. a ponto de se poder falar que a vida não passa desses dois movimentos.

— hum — fez o interlocutor.

— adicionar erros sobre aquele erro original e tentar percorrer o caminho em sentido contrário para, corrigindo o erro primitivo, corrigir toda a vida.

— mas é impossível corrigir o passado.

— o que sobra é prosseguir, acumular ainda mais erros.

— você se leva muito a sério. é por isso que não corre riscos.

— estou tentando eliminar o número de erros.

— só digo isso, quem não se arrisca e não erra, não vive direito.

 

4 comentários sobre “perseguidores do passado impossível

  1. vanessaaquino 30/05/2012 / 9:38

    é… arriscar é importante… é como dar um empurrão na vida e dizer: vai lá, menina, aconteça!

    Curtir

  2. leandro wirz 02/06/2012 / 18:15

    adorei isto “quem não se arrisca e não erra, não vive direito”.
    acho que tenho vivido direitinho…

    Curtir

  3. paulopaniago 03/06/2012 / 10:27

    pois é, vanessa. vida é risco. e leandro, fico feliz de saber que você tem vivido direito, haha.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s