velhos amigos

 

 

ele não conseguia fazer a conexão entre aquele sujeito que tinha diante de si e a imagem que guardava dele na parede da memória: o descompasso era grande.

tentaram os assuntos-padrão (como você mudou, está trabalhando no quê, por onde anda fulano etc.), mas nem isso funcionou.

contaram velhas piadas, perguntaram de novo por fulanos e beltranos, atualizaram os respectivos portfólios com informações inúteis e insossas e então se afastaram para mais uma longa temporada sem se ver — poderiam colher novas piadas velhas e mais informações indolores a respeito de fulanos, beltranos e sicranos, para o caso de um eventual reencontro no futuro.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s