fantasma

foto | angela clark grundy

 

 

o quarto estava escuro, estiquei a mão para o interruptor e um microssegundo antes de acender vi o fantasma — foi um relâmpago, um trisco.

a luz o espantou e eu, iluminado e também espantado, demorei a apagar a luz para ver se ele voltava.

passei o resto da noite — que nem era tanta — na companhia do meu medo e na expectativa de que meu medo se confirmasse, como se confirmou: eu o perdi para sempre.

 

4 comentários sobre “fantasma

  1. valéria 10/09/2012 / 16:35

    não tenho. será!
    “fantasmas” não existem. ou existem? como é possível perder/recuperar o que não existe?

    Curtir

    • paulopaniago 10/09/2012 / 17:09

      claro que existem. na literatura, sempre existiram. sempre, sempre. são um dos personagens mais frequentes e assíduos, mesmo na literatura realista…

      Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s