vai embora

 

 

a carta — pois se tratava de uma carta, essa relíquia — continha confissões, exageros e só lateralmente alguns escorregões na realidade.

não desmenti um isso, não sou homem de desmentidos e sei que quanto mais se insiste, mais a verdade vai embora. confirmei tudo, inclusive quando vieram me prender.

agora não sei mais se cometi aquilo de que me acusam na carta e dizem que, se confirmei, não se darão o trabalho de provar que estou errado.

de modo que cometi mesmo, talvez, não estou certo.

 

Um comentário sobre “vai embora

  1. carol 23/06/2012 / 10:50

    por causa deste texto muito bom com esta foto idem, serei obrigada a contar longa história: pois me aconteceu i-gual-zi-nho. e prepare-se, não há refresco para a pena. mas usei lábia tchananans, obtive vantagens e meu canto no xilindró é dos mais simpáticos. deixaram-me aquarelar numa parede aquela réplica do magritte. no lugar do cachimbo desenhei um coração cheio das paródias e escrevi grande: ceci n’est pas une pipe. levei também cartazes de cinema e aquele retrato que o pintor disse ser da última esposa para ninguém descobrir que sou eu — mentira, não sou; digo, sou, mas segredo, então desminta por mim se alguém perguntar. consegui um pincel atômico dos infalíveis para concreto e já rabisquei montão de palavras acorrentadas em trajetos enluarados sobre os muros. e de dia: o grande astro nasce quadrado, todavia colei bolas amarelas em torno. de modo que meu céu agora tem sete sóis e uma tela de fogo com listras cilíndricas de chumbo. sério que acabei fã dos delitos que… não, não me lembro se fui eu. mas havia lá a minha assinatura.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s