o mundo é áspero

foto | jonathan van smit

 

 

os mercadores de carne humana estavam em movimento. mulheres de cabelos quebrados, emagrecidas mas ainda com os atrativos à vista, foram conduzidas até o local da negociação. a violência sempre presente, como ruído branco, a ameaça que sugere e promete a dor, como se ela fosse capaz de redimir alguma culpa, expiar algum malefício, inocular algum prazer.

na televisão, um documentário no canal de bichos mostrava a rotina dos leões, a colocar as fêmeas para caçar, lutando por poder na pirâmide de sucessão do bando, mantendo as hienas à distância, convivendo com períodos longos de estiagem, em movimento perpétuo e angustiado, mas também com intervalos de prazer. alguém viu semelhanças entre todos. o mundo não é o que se pensa a respeito dele.

 

7 comentários sobre “o mundo é áspero

  1. vcs viram o mesmo programa na tevê, parece. não vi, mas achei meio viagem terem interpretado a vida dos bichos por esse lado aí. o leão explorando a leoa…, foi isso mesmo? falta agora os bichos falarem. já pensou? rs,

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s