gonçalianas, 7

foto | jan meissner

 

 

durante alguns anos o senhor valéry ganhou a vida como vendedor do interior das coisas.

o senhor valéry não vendia os objetos propriamente ditos, mas apenas o seu interior.  o comprador levava um prato, por exemplo, mas na verdade só era proprietário do interior desse prato.

 

gonçalo m. tavares, o senhor valéry e a lógica

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s