papéis

arte | anne packard
arte | anne packard

 

 

ele usou a voz pedagógica — grave, ponderada, lenta, como se a lentidão fosse capaz de instilar conhecimento — e muniu-se de segurança para explicar para a equipe de televisão o que sabia a respeito de seu campo.

ficaram todos satisfeitos com as próprias representações, haviam desempenhado bem o roteiro pré-definido de comportamentos socialmente aceitáveis. não é disso que se trata a vida, basicamente?

 

3 comentários sobre “papéis

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s