série nano 8

foto | alessandro puccinelli
foto | alessandro puccinelli

 

 

97

hamlet

olhos vagos, dúvida vira ação; partiu.

 

98

à la shakespeare

coração grita, a língua silencia.

 

99

destino

esquecido de mim, entrei nas brumas.

 

100

enquanto isso, no brasil

político corrupto é pleonasmo.

 

101

concisão

por mais que breve, ainda longo.

 

4 comentários sobre “série nano 8

  1. mirian oliveira 09/02/2013 / 17:02

    ei, moço, você está encerrando a série com chave de ouro, heim?

    “enquanto isso, no brasil

    político corrupto é pleonasmo.”

    Curtir

    • paulopaniago 09/02/2013 / 18:41

      que bom que você gostou, mirian. acho esses nanocontos temerários (e meio maluco como consegui produzir tantos…).

      Curtir

  2. mirian oliveira 11/02/2013 / 13:56

    máquina de pensar? 🙂

    Curtir

    • paulopaniago 11/02/2013 / 17:15

      engraçado você dizer isso. a quarta parte do primeiro livro da trilogia (nossa, isso ficou estranho) que estou escrevendo (sob título geral de infinitos literários, mas cada livro tem um título diferente) vai falar exatamente de livros que são máquinas de produzir literatura, metáfora para produção que aponta para um não fechamento ou um infinito potencial…

      Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s