a língua nos dentes, os vitupérios sem fim

foto | matthias heiderich
foto | matthias heiderich

 

 

fato, havia qualquer coisa de errado naquela situação, qualquer tom de descompasso ou exagero, a fímbria de um toque escorregadio. uma palavra fora do lugar, um gesto ligeiramente alterado e tudo poderia se perder.

a amiga avançou até o púlpito e disse algumas palavras gentis, como é de se esperar nessa ocasião, a respeito do casal de mortos, expostos no caixão, lado a lado. mortos num terrível acidente de carro, as pessoas enfatizavam o adjetivo quando iam contar, repetindo-o, enquanto balançavam a cabeça negativamente, como se fosse possível com esse gesto abolir a força da ação, fazer o tempo reverter, recuar até o momento e salvá-los do acidente, terrível, terrível.

tiveram a decência de não me convocar para o púlpito, a fim de que prestasse homenagem ao casal. nem todos, mas alguns sabiam que eu era o amante da mulher, morta enquanto se dirigia com o marido para uma viagem de férias, segunda lua-de-mel à beira-mar, como ela havia me dito.

se eu tivesse subido ao púlpito, temeram — eu diria que com razão — que eu desse com a língua nos dentes e revelasse a todo mundo a verdadeira natureza da minha relação com aquela mulher.

talvez tenha sido melhor assim. a vida continua, a tristeza terá que ceder com o privilégio que o tempo exerce.

se tivesse subido ali e falado para aquelas pessoas, eu as teria chocado não apenas com a informação de que a mulher no caixão me tinha como amante, quando era viva, como também que, foi movido pelo ciúme e por uma dose mal controlada de ódio que cortei a mangueira do óleo do freio do carro do casal, o que faz de mim mais um caso patológico de ciumento venal para engrossar os anais da história.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s