sentidos que se perdem

escovão

 

 

os sentidos não se vão de uma vez, não fazem greve de súbito para serem mais bem tratados. eles se vão aos poucos, sorrateiramente, quando seus donos não estão percebendo. o paladar arrefece, culpa talvez do olfato que já começou a partir quando ninguém estava olhando. quando se dá conta, o sujeito está pedindo para o interlocutor falar de novo, ou mais alto, e quando procura um médico tudo o que ele pode prescrever é um paliativo. trata-se de uma longa despedida, a elaborada preparação para o momento em que você os perderá a todos, inclusive o sentido de si mesmo.

 

2 comentários sobre “sentidos que se perdem

  1. mirian oliveira 08/05/2013 / 16:51

    faz sentido, paulo paniago, meu alterego implacável.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s