a vida das teorias

foto | dirtyfromtherain
foto | dirtyfromtherain

 

 

ele pegou picareta e martelo e em seguida se pôs a demolir a teoria do sujeito. terminada a tarefa, pacientemente começou a levantar as paredes da própria teoria e imaginou ter usado material sólido o bastante para aguentar os primeiros ataques, pelo menos. mas sabe que nenhuma teoria resiste a uma boa picareta e um martelo sólido. é questão de tempo, ele sabe. então aguarda.

 

2 comentários sobre “a vida das teorias

    • paulopaniago 15/05/2013 / 8:12

      na verdade, não exatamente. li alguns da série do bairro, mas isso tem tempo. a inspiração veio de o terceiro tira e tipos de perturbação, duas leituras recentes (e quase simultâneas).

      Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s