saudades fotográficas

pessoa-ryan-donato

 

 

a mãe fazia muita foto daquele filho, o pequeno projeto de futuro modelo. havia imagens pela casa toda e nas redes sociais, o menino ia sendo espalhado pelo mundo, um fantasma projetado. sorrindo, sério, cabelo grande, cabelo curto, toda oportunidade, cada dente perdido, a casca do machucado, tudo era compartilhado com quem quisesse ver. mas a mãe, um dia, cometeu esse crime que as mulheres (e de quebra todos os seres humanos) não conseguem evitar: morreu. teve um longo período de doença e tratamentos, as fotos desapareceram junto com a alegria que se perde com doenças fatais. então houve choro e luto e a vida um dia retomou o curso, como é de acontecer. mais que sentir falta da mãe, ele sentia saudade de ser fotografado, mas não admitiu nunca a quem quer que fosse. é dessas coisas que se leva para o túmulo, quando chegar a vez.

 

4 comentários sobre “saudades fotográficas

  1. erika suzuki 10/06/2013 / 15:24

    se o comportamento não estiver no cid, está em manuais de marketing, rs. abs,

    Curtir

  2. mirian oliveira 11/06/2013 / 10:13

    a vaidade humana não tem limites. talvez com a morte. do vaidoso.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s