funciona assim

imagem | guillaume gilbert
imagem | guillaume gilbert

 

 

ele estava com a vida emocional em frangalhos, para variar. não tinha conspiração de harmonia no universo que desse jeito. mas existe outro modo de viver?, indagava, um sorriso tristonho no canto dos lábios e duas grossas lágrimas a escorrer pelos cantos externos dos olhos — um jeito muito específico de chorar, como eu havia notado, sendo amigo dele e testemunha próxima de sua vida desequilibrada. se colocassem um sismógrafo para medir o coração, o aparelho teria ficado louco, registrando oscilações impossíveis. eu dava conselhos não aproveitados e água gelada que pelo menos lhe fornecia suprimento para o choro. acontece que certas vidas não se compatibilizam — a desse meu amigo era o caso. atravessou-a de distúrbios em distúrbios até que um dia… bem, gostaria de dizer que um dia ele me surpreendeu e mudou o leme das confusões para navegar em águas tranquilas, mas estaria apenas a contar uma mentira narrativa para o bem da história e a esperança dos leitores. o fato é que morreu tão atarantado quanto viveu e embora lamente que tenha morrido, confesso que sinto certa inveja do modo como viveu. existe outro modo?

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s