lições musicais

piano

 

 

endomingado, roupa de ver deus, charuto entre os dedos, um duque imbuído da própria soberba em seus domínios, ostentada como se fosse motivo de orgulho, ele atravessou a manhã sentindo que estava bem, o dia era só promessas ou ele estava se iludindo que sim. nada de saia ou calça ou colete justos, tudo tendia à folga, inclusive o sol, sorriso do céu, cumpridor de horários. nem o fato de estar duro, nenhum centavo no bolso ou na conta, o demoveu. tocaria piano mais tarde e a promessa de receber em seguida. a vida é um acinte, pensou. bem que minha mãe dizia. mas no fim da tarde, quando apertou tudo, fome, depressão e um baseado que alguém havia esquecido e que antecipava que lhe agravaria a fome, sentiu que ia ter problemas para enfrentar a noite e o piano. é quando os fantasmas também se vestem e saem para trabalhar, não respeitando nem mesmo o som dos instrumentos.

 

Um comentário sobre “lições musicais

  1. vanessaaquino 18/08/2013 / 13:24

    há coisas que leio aqui que me calam, como este post. mas o motivo é que algumas coisas que escreve têm tanta poesia que silenciam comentários. mas, aqui está um comentário que quebra o silêncio, nem que seja para falar do próprio. beijo.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s