aprendizado

marte-ou-próximo

 

 

a primeira vez que encostei a orelha no chão, meu pai falou que era para ouvir o tropel dos cavalos que se aproximavam. com o tempo eu ia conseguir dizer quantos eram e, se fosse muito bom — como meu pai tinha se tornado —, até a raça dos cavalos. mas achei que ouvia o coração da terra.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s