fim de noite

arte | alex andreyev
arte | alex andreyev

 

 

os garçons começaram a avisar à distância que era hora de concluir os trabalhos. viraram as cadeiras de perna para o ar sobre as mesas, deixando-as despudoradamente com os fundos expostos. a mesma insensibilidade lançou a conta na mesa e o resultado demandava os dez por cento que para sermos francos julgávamos que não eram merecidos, mas pagamos mesmo assim, vítimas da covardia urbana e civilizada. depois, cada um de nós recolheu os próprios cacos ou o que restava de cascos e foi se abrigar no desconforto solitário da noite dos tempos.

 

Um comentário sobre “fim de noite

  1. vanessaaquino 14/09/2013 / 10:53

    “depois, cada um de nós recolheu os próprios cacos ou o que restava de cascos e foi se abrigar no desconforto solitário da noite dos tempos.”
    bela construção.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s