passado e hoje

foto | david chance fragale
foto | david chance fragale

 

 

nondinhas colocou as mãos pequenas sobre a mesa e logo em seguida apareceram aqueles olhos pidões para os quais a avó tinha problemas de mostrar resistência. sem esconder o semissorriso ela perguntou, fingindo estar zangada: “o que é, menino?”. nondinhas disse, com aquela voz de criança irresistível: “queria comer um daqueles biscoitos de amor que você faz, vó”. os biscoitos são de nata, o adjetivo do espertinho é a malícia que ele sabe que tem chance de sucesso com a avó derretida. “se você contar para sua mãe que eu te dei biscoito antes do almoço”, a avó diz, enquanto abre a vasilha e entrega em seguida a rodela para o menino, “eu deixo de ser sua vó.”

no asilo onde a avó hoje passa os últimas dias, o senhor epaminondas, orelhas tão grandes quanto as do avô, observa as rugas nos cantos dos olhos dela, imaginando como será com ele, quando a hora chegar. “vó, a senhora se lembra de me dar biscoitos de amor antes do almoço?”, ele dá um sorriso triste. o alzheimer subtraiu a memória dela, deixou grandes buracos negros no cérebro, portanto ele sabe que a pergunta é retórica. “está na hora do seu remédio, vó”, ele diz, e lhe estende diretamente à boca um conjunto de pílulas, uma de cada vez, junto com goles de água de um copo americano. entre os remédios, desta vez, está a ricina que deve fazer efeito nas próximas vinte e quatro ou quarenta e oito horas. um fim misericordioso, ele acredita, para uma velha tão gentil que acrescentava à receita do biscoito um ingrediente secreto, o amor que a infância enxergava com olhos tão gulosos.

 

4 comentários sobre “passado e hoje

    • paulopaniago 29/09/2013 / 11:08

      obrigado, arlene. quando terminei o conto, achei que ele estava com um toque diferente. o seu comentário me confirma de alguma forma a percepção.

      Curtir

  1. mirian oliveira 11/10/2013 / 15:07

    bacana demais, paulo. não conhecia este seu lado “contista misericordioso”. surpresa boa.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s