cartas de um estranho

garrafa

 

 

ele tomou uma decisão aparentemente estranha. escreveria cartas para pessoas desconhecidas até o fim da vida. arrumaria o endereço de forma aleatória em cidades longínquas. então começou o projeto e por um instante parecia com as coisas que a sophie calle costumava querer fazer. uma vez por semana, sentava-se à escrivaninha, escrevia a carta, o endereço e depois a remetia, como se fosse a garrafa com pedido de socorro, enviada da ilha deserta num misto de esperança e desassossego.

 

4 comentários sobre “cartas de um estranho

  1. arlene l. araújo 28/09/2013 / 12:31

    gostei da ideia das cartas!! 🙂

    Curtir

      • arlene l. araújo 28/09/2013 / 15:14

        que tal, nós colocarmos?

        Curtir

  2. vanessaaquino 28/09/2013 / 15:25

    conheço um grupo que faz cartas e coloca em pequenas garrafas… depois deixa em lugar qualquer, para quem quiser.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s