sem novidades no front

imagem | lara zankoul
imagem | lara zankoul

 

 

as mulheres eram a mesma, convertida em duas, ou de acordo com a licença poética, em todas. cláudio as amou com supostamente a mesma intensidade, embora soubesse que elas estavam se revezando e julgassem enganá-lo — ele sabia perfeitamente quando era maria angélica, quando era maria inês. mas no fundo eram a mesma maria, na essência, no que tange ao essencial. como os relacionamentos tendem a se esgotar — a rebelião é a continuidade, estendida de forma longa (infinita) além da validade por causa sobretudo de teimosias de ambas as partes —, o deles também deu mostras de exaustão e nem quando o ménage se tornou oficial — cláudio nem se divertiu como imaginava, a duplicidade apenas unificada e a libido mantida em rédeas curtas —, a coisa esquentou. o fim próximo nem deixou margem a arrependimentos, que só atingem quem tem memória e a cultiva. lá se foram as marias para fora da vida de cláudio e outra história de desilusão amorosa engrossa o caldo dos longos e lacrimosos anais da história da humanidade.

 

2 comentários sobre “sem novidades no front

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s