clodoaldo

mergulho

 

 

renunciar a escrever, ele anunciou. zero de impacto. quer dizer, dona dolores, a mulher que usava bobes — bobes! — no cabelo e lhe servia um prato mais ou menos morno no jantar, ela resmungou algo. mas deve ter sido: quer o jantar agora ou mais tarde? e não: oh, que pena, não faça isso. clodoaldo, o dono da renúncia, mora num país encalacrado na cabeça, bem diferente daquele em que divide a cama a velhice as dores as dívidas com dolores e o banheiro com os bobes. o paraíso é a raspadinha que dá prêmio instantâneo. inferno é prestação.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s