vida das palavras

arte | adrianna wojcik
arte | adrianna wojcik

 

 

algumas palavras, quando envelhecem, são colocadas em asilo. aí permanecem por mais algum tempo, sendo visitadas cada vez menos pelos descendentes. então um dia morrem e deixam de frequentar os textos em caráter definitivo. não há quem lhes pranteie, ou faça o obituário nem qualquer outro elogio fúnebre. as lápides sequer registram o nome da palavra morta e tudo isso é muito triste, me parece, mas, ânimo, rapaz, me disse um gramático outro dia, a vida é movimento e algumas palavras precisam dar espaço a outras. eu sorri, mas porque ele me chamou de rapaz.

 

2 comentários sobre “vida das palavras

  1. mirian oliveira 20/10/2013 / 13:59

    ahhhhh… genial, paulo!

    e a velhice, inclusive das palavras, é um massacre mesmo, como diz roth.

    Curtir

    • paulopaniago 20/10/2013 / 14:53

      obrigado, mirian. fico feliz de te agradar.
      e o roth é um cara cheio de razão, mesmo.

      Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s