sono interrompido

coqueiro

 

 

quando alguém me liga no meio da tarde e estou dormindo, não sei dizer qual é o motivo pelo qual sempre tenho essa reação instintiva de me proteger com uma mentira. a primeira reação, enquanto o olho ajusta o foco e procura identificar o autor da ligação, é pigarrear uma ou duas vezes para limpar a voz da rouquidão, antes de atender. sou culpado, penso com a voz interna, enquanto a externa eleva o tom duas oitavas para dar a impressão jovial de que interrompi os exercícios de dança ou esgrima e, ainda inebriado da alegria que essas atividades certamente me provocariam caso decidisse praticá-las, digo: “alô”. mas quando do outro lado uma voz que também força jovialidade e procura me vender um plano de assinatura de televisão imperdível (com essa palavra ela me perde), descubro mais um motivo exterior para responder a minha depressão com esse sono infindável que me joga na cama a qualquer hora do dia ou da noite.

 

Um comentário sobre “sono interrompido

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s