quando descobriram

foto | brad gillette
foto | brad gillette

 

 

o sangue escorria primeiro em filetes, depois aos borbotões. o sujeito estava morto, esfaqueado pelo oponente que lhe acompanhou o brilho do olhar ir sumindo bem lentamente, enquanto torcia a faca em seu peito, onde deveria estar o coração. antes de apagar completamente, a cara de surpresa não se converteu em conhecimento ou sabedoria, era apenas morte. por quê, teve tempo de perguntar. por que não, perguntou de volta o assassino, que julgava fazer um favor — ao outro, a si mesmo, talvez à humanidade.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s