sugestão inesperada

ilustração | michael borremans
ilustração | michael borremans

 

 

ele reclamou das dores, do excesso de remédios, dos efeitos colaterais. em seguida, como se fosse a conclusão óbvia para a sequência de queixas, reclamou dos rumos e sentido da existência em geral. ouvi, paciente, e vislumbrei bem antes para aonde aquele discurso lamuriento se encaminhava. ia me pedir dinheiro emprestado, como sempre. mas me antecipei e fiz uma sugestão inesperada. se está tudo ruim como você fala, eu disse, sério, por que você não se mata de uma vez, poupa a si de continuar essa vida de problemas e crises e a mim de ter que ouvir esse relato das mesmas queixas de sempre e ter depois que te emprestar mais dinheiro que você nunca pagará. antes que ele pudesse assimilar o impacto da proposta, me levantei, determinado a nunca mais voltar, se fosse para ouvir qualquer outra reclamação.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s