de onde vem

foto | mario cravo neto
foto | mario cravo neto

 

 

ela achava que o amor era uma decisão que se toma, parecido com escolher o legume a ser comprado para o almoço. dizia, naquela voz chorosa: “por que você não me ama?”. ele um abismo de silêncios sem eco. entre ambos, a expansão da matéria escura, dos desacertos existenciais, do descompasso cujo desenho é feito à mão livre. “quando precisa de palavras”, ele disse, cansado feito um velho sábio, “o amor não está mais lá”. que servisse de lição para ela, mas nada a abalava. as mulheres, ele suspirou, têm uma determinação e uma persistência insuportáveis. e têm o péssimo hábito de achar que o amor organiza.

 

5 comentários sobre “de onde vem

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s