um sonho, depois o real

foto | mario cravo neto
foto | mario cravo neto

 

 

o sonho foi intenso e deixou uma sensação estranha de que tinha conseguido se impregnar na vida “real”. claro, eu sabia, sempre soube, o real é apenas delírio da minha cabeça aliado à sensação de durabilidade, de persistência, sobretudo por conta da força brutal da memória, esse mamute que todo homem é obrigado a arrastar atrás de si pela vida afora. não tive mais dúvida quando o monstro do meu sonho se materializou em batidas à porta e um convite se seguiu, para a próxima viagem. sabia o abismo escuro em que aquilo terminava, o sonho tinha sido bem claro a respeito, e portanto não me restou alternativa a não ser dizer que sim, eu embarcaria.

 

4 comentários sobre “um sonho, depois o real

  1. marielfernandes 14/11/2013 / 13:34

    e lá vamos nós, para mais um sonho que precisa ser decifrado, ainda que tenha sido claro. ou por isso mesmo.

    Curtir

  2. karla beatriz 14/11/2013 / 13:53

    andando muito de bicicleta…

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s