saltos do pensamento

mar-e-terra

 

 

a informação é o outro lado do absinto

gonçalo m. tavares

 

o pensamento precisa e gosta das fendas (aquilo que no vazio é sedutor) por onde se esgueira antes de poder dar um salto que surpreenda primeiro a si mesmo e em seguida o pensador. o sujeito disse a frase depois deu um tapa com a mão sobre a madeira do balcão do bar. um absinto. era mais ordem do que pedido. o absinto, concluí, é a fenda que ele e o pensamento procuram.

 

7 comentários sobre “saltos do pensamento

      1. você não esta nos que não se mostram, risos. mas, a proteção faz com que escolhamos este comportamento. a bebida mostra mais do que gostaríamos ou deveríamos. falo nós por falar… e a bebida pode ser a cerveja, uísque e até espumante! ela desvenda a alma. ok, pelo menos a minha 🙂

        Curtir

      2. sim, a bebida escancara as portas da percepção ao mesmo tempo que faz o superego desmaiar, deixando o caminho livre para o subconsciente assumir a cabine de controle do cérebro. uma belezura.

        Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s