pequenos desajustes no tempo

foto | elena alhimovich
foto | elena alhimovich

 

 

achou que seria livre, quando crescesse. faria o que e quando lhe desse na telha sem adultos a lhe toldar as vontades. ansiou por crescer e cresceu. hoje lamenta a falta de tempo para fazer o que quer, porque está preso a compromissos, horários e responsabilidades que os adultos são obrigados a assumir, sob pena de não conseguirem sobreviver. acha que era livre quando pequeno e corria pela rua em brincadeiras com os amigos.

 

8 comentários sobre “pequenos desajustes no tempo

  1. roseli pedroso 01/01/2014 / 12:00

    é, paulo, estamos sempre em defasagem. e quando velhos, voltamos a ficar presos às vontades dos adultos, pois ficamos limitados pelo físico, pela mente mais lenta e, se sobrar um pouco de memória, acharemos que éramos livres quando crianças e adultos. c’est la vie!

    Curtir

  2. danielle 01/01/2014 / 23:43

    engraçado…, há dois dias venho pensando a respeito disso escrito no texto. exatamente as mesmas coisas…

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s