atração fatal

rostos

 

 

quando jovem, não via problemas em visitar cemitérios, inclusive para neles exercitar certo voyeurismo com túmulos de pessoas conhecidas. mas com o passar dos anos o incômodo da certeza de que cada vez num tempo mais breve seria sua hora tornou-o primeiro reticente e, por fim, francamente avesso a ir aí. morriam-lhe os amigos e ele se recusava a ver o caixão descer. a tentação do buraco, dizia, não lhe agradava. alguns o chamavam de covarde, mas ele dizia com veemência que quanto mais ela escasseava, mais atraído ele se sentia pela vida.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s