sabores da estação

pier

 

 

o mel escorrerá de entre as pernas das belas, e vinhos dos seios. parece que ele pretendia fazer um poema à moda antiga, inspirado pelos galões de cerveja que os amigos reuniram com o propósito inútil e agradável de celebrar a vida. depois de uns quantos goles, resolveu testar na prática a veracidade dos versos sugeridos e embora não fosse mel, agradou-se sobremaneira e mesmo assim com os sabores, renovados a cada estação.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s