certas desarmonias harmônicas

oceano

 

 

era um casal peculiar na oscilação de comportamentos. durante o dia, ele, que era funcionário da limpeza no shopping, cantava um repertório de boa seleção com voz afinada e timbre aveludado, enquanto empurrava a vassoura ou o rodo por entre as pernas dos passantes, que não raro se encantavam com a voz e a disposição contente daquele funcionário da limpeza. ela, que era garçonete de uma franquia de saladas e sanduíches saudáveis, atendia a todos com um mau humor brutal que fazia os clientes se perguntarem a razão e o motivo pelos quais ela conseguia manter o emprego. após o expediente, ela bebia e se engraçava com outros homens, o que modificava completamente o humor do funcionário cantante. ele a enchia de sopapos e gritava, destemperado, chamando-a de nomes baixos, enquanto ela ria diabolicamente e desprezava aquela postura dele entre o capacho e o autoritarismo. dia após dia, revezavam as funções e os papéis, com variações mínimas.

 

4 comentários sobre “certas desarmonias harmônicas

  1. thaís figueiredo 04/02/2014 / 10:17

    olha só. o final mostra que a imaginação do ser humano não possui limites, mesmo, hahahaha. gostei do resultado, mas ainda prefiro imaginar o senhorzinho cantante da manhã ao brutamontes da noite, mesmo sabendo que um não exclui o outro (vou subverter aquela frase do valéry, segundo a qual “o leão é feito do carneiro assimilado”, para exemplificar o caso). beijo.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s