amor é água 3

arte | gustave coubert
arte | gustave coubert

 

 

margarete, esse nome ao mesmo tempo sonoro e debochado, tratou os amantes do mesmo modo, com sonoridade e deboche. ninguém que se aproximou dela saiu ileso —- a não ser que tivesse a mesma disposição e despojamento e mesmo esses conseguiam no máximo um empate, em que ambos se feriam. três maridos e incontáveis amantes —- na sucessão ou na simultaneidade. margarete parece uma máquina de amar com nome sonoro, amargo, mago, quase um diminutivo. não se pode saber quantos homens margarete amou, nem se de amor se trata, essa é que é a verdade.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s