guarde na geladeira

foto | jim buckley
foto | jim buckley

 

 

ela abre a geladeira, que ronrona lenta e lança luz baça para fora; a cozinha afogada no lusco-fusco da tarde. mergulha meio corpo lá dentro daquele gato gelado e sai com um tomate à beira de passar do ponto. eu poderia estar conquistando o mundo, ela pensa, em vez disso estou aqui, fatiando tomate para fazer um sanduíche vagabundo que me mate a fome. o mundo é desigual e bruto, os talentos se revelam logo ou demoram demais, só a noite é constante e escura, um segredo bem guardado.

 

2 comentários sobre “guarde na geladeira

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s