Um início

Foto | Hiroshi Sugimoto
Foto | Hiroshi Sugimoto

 

 

Sei bem que a cabeça de qualquer pessoa — qualquer uma — é um mistério tão insondável quanto o segredo da origem do universo ou o motivo pelo qual os dinossauros existiram sobre a superfície do planeta. No entanto e inexplicavelmente, considero a cabeça de um japonês ainda mais insondável — acima dos chineses, dos coreanos, de quem seja —, de modo que quando olhei para o rosto daquele sujeito que ia sendo retirado da cena do crime, aquele rosto que agora se apresentava como se fosse o melhor jogador de pôquer que já existiu, o sangue frio de uma samambaia de plástico, soube que jamais resolveria os meandros do caso. Tecnicamente, nem tinha o que resolver. Ele havia assassinado a moça e em seguida ligado para nós, da polícia. Por ser assassinato, me incumbiram de ir ao local fazer o relatório, simples e óbvio, impossível de errar. Mas quando olhei pro japa, não pude evitar de dizer um putaqueopariu entredentes. Aquilo ia ser um horror e eu ia começar a cagar com tudo se partisse do pressuposto óbvio de que ele era autor do crime, voltasse para meu teclado e cuspisse o relatório pilantra que todo mundo esperava que fosse feito e encerrasse o caso. Olhei para o corpo em retalhos da moça, pedaços escandidos com dificuldade e devidamente espalhados pelo ambiente com uma precisão e um rigor de fazer medo. Conversa comigo, boneca, falei mentalmente para a cabeça dela, que se encontrava solitária, depositada sobre a mesa. Começava ali o meu caso nunca resolvido.

 

3 comentários sobre “Um início

  1. Mirian Oliveira 29/10/2014 / 21:49

    takilpariu. esse é daqueles, paulo.

    p.s.: bobagem minha. gosto de tudo o que você escreve. até quando não escreve.

    Curtir

    • paulopaniago 29/10/2014 / 22:12

      Valeu, Mirian. E, de fato, nos próximos dias talvez tenha certa escassez de publicações…

      Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s