Fundamentos da estética

Foto | Mark Bramley
Foto | Mark Bramley

 

 

Por definição um acidente é algo que não precisa acontecer. 

Paul Auster — Diário de inverno

 

Entretanto, ele ponderou, a vida é acidente e pelo menos nesse ponto os cientistas parecem estar de acordo. Tudo isso que se inventa, esse sentido de propósito, de coerência, de exatidão, isso é a fantasia humana de que as coisas podem dar certo. Esse grande esforço de organização, de tentar colocar as coisas numa ordem, isso é o brado rebelde contra a ciência do acidente, que garante ao projeto humano topadas, calombos na testa, desvios que levam a lugar algum, trajetórias frustradas. Depois que terminou ele deu um sorriso tímido, seu interlocutor permaneceu calado. O potencial explosivo e instantâneo do acidente, o sujeito prosseguiu, diante do silêncio do outro, isso é um projeto de beleza, não?, o verdadeiro fundamento da estética.

 

4 comentários sobre “Fundamentos da estética

  1. Erika 05/11/2014 / 11:30

    perfeito. a vida por si só já é um acidente de percurso… alguns chamam de milagre, parece dar no mesmo.

    Curtir

    • paulopaniago 10/11/2014 / 14:24

      Diferentes nomes (e portanto percepções) para coisas muito parecidas, você tem razão.

      Curtir

    • paulopaniago 10/11/2014 / 14:25

      Para frente e muitas vezes para baixo (o que também é bom, se a pessoa entender o recado do mundo…).

      Curtido por 1 pessoa

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s