Lista mínima

Foto | Matthias Heiderich
Foto | Matthias Heiderich

 

 

A amplitude, a vastidão com que os livros sinalizam a inteligência humana sempre mobilizaram minha comoção. Eu teria que ter umas quinhentas vidas para dar conta de ler tudo o que tivesse vontade e com isso estaria apenas começando a tocar a superfície de todas as coisas. Esse conceito é ao mesmo tempo belo, pela vastidão, e assustador, pela impossibilidade de ser realizado. Como ponto positivo, anoto esse destaque: sou forçado a aprender o exercício da concisão: lerei pouco, mas devo ler bem, portanto devo ser muito criterioso com as escolhas.

 

3 comentários sobre “Lista mínima

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s