Faces da compaixão

Ilustração | Jorge Roa
Ilustração | Jorge Roa

 

 

Conversávamos a respeito de várias coisas, mas de repente ela se virou e me disse o seguinte. Uma das cenas de cinema que acho mais tocantes é a abertura de Asas do desejo, em que a câmera adota o ponto de vista dos anjos que pairam sobre a cidade de Berlim e é possível “ouvir” (ela fez o gesto das aspas com dois dedos de cada mão no ar, algo que eu achava, nela, extremamente charmoso) o pensamento das pessoas, sobretudo os pensamentos torturados e entristecidos, porque é claro que o trabalho dos anjos é estar ao lado daquelas pessoas que sofrem. O que acontece é que sou compelida a sofrer também, a ser solidária com o sofrimento alheio. Eu disse, você se torna uma pessoa cheia de compaixão. Ela sorriu e disse, sim, acho que é isso mesmo. No entanto, eu estava abrindo meu coração para ela e recebia em troca apenas desdém. De repente me lembrei de novo das cenas de abertura do filme, em preto e branco, a câmera passeando lentamente, e tive vontade de chorar, embora soubesse que nenhum anjo iria se mostrar solidário para com o meu sofrimento.

 

4 comentários sobre “Faces da compaixão

    • paulopaniago 22/01/2015 / 17:01

      Obrigado pela parte que me cabe. Mas acho que o Wim Wenders também agradece, haha.

      Curtir

  1. Mirian Oliveira 24/01/2015 / 12:33

    paulo, esse negócio de anjo, compaixão, é coisa de ficção, parece.

    tem uma frase no filme, que eu adoro: onde termina o tempo e onde começa o espaço?

    se me permite, vou deixar um trechinho pra você.

    Curtir

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s