A criação de certas imagens

Foto | Roberta Gregorace
Foto | Roberta Gregorace

 

 

Queria um dia criar uma imagem tão boa como aquela de Thomas Wolfe, que ao descrever o azul de uns olhos disse haver neles um tipo de névoa, um ar marinho remoto, “olhos de um marujo da Nova Inglaterra após vários meses navegando para a China em um veleiro, como se algo tivesse neles mergulhado e se afogado”. Algo, não necessariamente alguém, é talvez daí que provém a força dessa imagem. Para isso também servem os escritores: prestar atenção ao que ninguém está olhando e estabelecer algumas pontes, tornando-as finalmente visíveis com um golpe de mão. Então, sim, achei que, se não tive sucesso, pelo menos ao fazer aqui esta análise cheguei perto.

 

2 comentários sobre “A criação de certas imagens

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s