O real é o que escapa

armadura

 

 

Sabe, a sua mente é capaz de pregar truques em você o tempo todo, o sujeito disse para a entrevistadora. Um dia você está bem e se julgando afiado, mas no outro é como se estivesse dentro de um nevoeiro, sem ideia de como fazer para sair dali. Ela deu um sorriso contido, como se quisesse dizer que havia compreendido ou como quem presta solidariedade. O problema, ele continuou, é que a mente é o único guia para a realidade, e se é capaz de falhar, de ratear durante o processo, o fato é que ela não pode ser confiável como o mecanismo seguro de apreensão do real. A moça sorriu novamente e respondeu com uma questão. Por que você se preocupa tanto em apreender o real, meu caro? Deixa um pouco o fluxo das coisas correr solto e livre. Ele apertou os olhos. Gosto de estar no controle, disse. Mesmo do que escapa dele?, ela rebateu, ou seja, como quase tudo nessa vida, acrescentou, como se fosse uma sugestão.

 

2 comentários sobre “O real é o que escapa

  1. marielfernandes 19/03/2015 / 16:01

    Acho que ela mais prestou solidariedade do que compreendeu. Acontece muito, acompanhado do sorriso já descrito e anexado.

    Curtir

    • paulopaniago 19/03/2015 / 17:13

      É muito comum entre jornalistas em situação de entrevista, mais prestam solidariedade do que compreendem. Compreender dá trabalho.

      Curtido por 1 pessoa

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s