Breve

gato-e-bolha

 

 

O que é breve tem qualidade extra no mundo. Sobretudo quando o sujeito começa a entender que a vida é persistente — impressão que aumenta bastante quanto mais idade se adquire, a ponto de virar obsessão — e portanto longa. Inevitável ser lembrado da frase com que Blaise Pascal encerrou uma carta certa vez: “E se escrevi essa carta tão longa foi porque não tive tempo de fazê-la curta”. Ganhar tempo significa aprender a encurtar. Um dia escrevi um aforismo para expressar isso: elegância é breve. O que me leva à triste conclusão: quanto mais envelheço, mais elegante me torno, necessariamente.

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s