Crises, síndromes e que tais

Foto | Burt Glinn
Foto | Burt Glinn

 

 

A taxa de desvalorização da memória a partir de certa idade é sempre mais acentuada do que a valorização do dólar. Grandes buracos, feito queijo, que nunca serão preenchidos. Há a lembrança encardida de uma emoção, o traço do sorriso dela que permaneceu como a farpa de um lembrete da minha finitude iminente. Você ainda está novo para pensar nessas coisas, mais de um amigo me advertiu. Isso é apenas sintoma da crise de meia idade. E tentam me dar um tapinha condescendente nas costas, mas me esquivo. Crise de meia idade é o cacete. Ninguém sabe com que idade vai morrer, que porra é essa de estabelecer marco regulatório que determina um meio do caminho para te liberar para começar a ter surtos? Vociferei para todos eles e ainda precisaria de muito tempo para entender que essas explosões, esses destemperos também eram parte do surto, da crise ou lá que nome queiram dar. Por mim, podiam chamar de Síndrome do Homem Falível. A compreensão da mortalidade se torna um soco na cara a cada manhã gloriosa. A ruga a mais no canto do olho, o fio extra de cabelo branco. Até aqui você pôde se dar o luxo de cometer equívocos, doravante tentará se comportar com retidão, como âncora existencial para os demais. Eu achava que âncoras existenciais eram os filhos, eles te impedem quase sempre de fazer as grandes asneiras. Te restam as pequenas, as desimportantes. E ali estava eu, a arma no criado-mudo a me acenar, as lembranças do traço do sorriso dela e o calor interno que aquela imagem ainda me provocava, a meia idade rosnando e exibindo seus caninos para mim. Eu precisava decidir.

 

5 comentários sobre “Crises, síndromes e que tais

    • paulopaniago 13/08/2015 / 15:01

      Obrigado, Patricia, eu bem que me esforço. Lucidez nem sempre é a meta, mas acho que tem isso que a idade termina por proporcionar, nem que por vias tortas.

      Curtido por 1 pessoa

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s