Fúria do cotidiano

Imagem | Nigel van Wieck
Imagem | Nigel van Wieck

 

 

O horóscopo diz dia bom

eu digo não crer

 

A placa anuncia sonhos

mas não posso — e passo

 

O chefe reclama

aceno com a cabeça

 

O dia está quente

compro picolé o calor prossegue

 

Amigos ligam para reclamar que sumi

lastimo e minto que devo aparecer qualquer dia desses

 

A bolsa sobe — ou cai

Não ligo a mínima

 

Vai estrear um filme que esperei para ver

mas agora a vontade passou

 

Compro um litro de leite

Só então lembro que o gato morreu

 

A moça sorri no telejornal entre uma tragédia e outra

Não a conheço e abomino

 

Cinco pedras de gelo aliciam o uísque

um calor de renovação me percorre as veias

 

O horóscopo sobre a mesa insiste no dia bom

Esganaria com prazer quem o escreveu

 

Um comentário sobre “Fúria do cotidiano

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s