Por afogamento

casca

 

 

Alguém se afoga

entre peixes mercuriais

abandona-se à corrente

e não sei se reza no último segundo

se se entrega ou resiste

se finge ou lamenta

se sente muito e relembra

uma tarde remota

numa praça ao sol

de mãos dadas com a mãe

o coração tão grande

que mal cabia no peito

 

Uma tarde de foto

de doce de emoção

estampada para sempre

— agora e na hora de nossa morte —

na moldura da memória

de todos os tempos

 

Os respingos da ressaca do mar

salgados grudentos

a morte é um temperamento

que experimento todo dia

ela respira num outro ritmo e só

 

Os peixes se alimentam do corpo

depois também serão alimento

desse canibalismo ignorante

sorridente saudável cheio de ômega três

e triglicerídeos

 

É tudo parte do mesmo movimento

alguém diz e sorri

 

deixe um comentário ou um desaforo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s