Aviso de encerramento

megafoneO blog desaforos.com deixará de existir esta semana, após a última publicação, na terça, dia 6. Foram quase seis anos e muitos posts, narrativas, micronarrativas, aforismos, poemas, provocações, ensaios etc. O endereço será desativado na sexta (o conteúdo talvez migre para o velho desaforos.wordpress.com, mas não será mais atualizado).

Agradeço imensamente os leitores que leram, comentaram, apreciaram, criticaram, curtiram e tornaram esta uma experiência que julgo ter sido consistente. A interação foi um grande motor do projeto, creiam.

Paro o blog, mas não paro de escrever. Tenho, pelas minhas contas, sete livros prontos (nove, se contar dois romances que não tenho a menor pretensão de ver publicados), outros que poderiam ficar prontos em pouco tempo, alguns em processo de maturação e vários futuros projetos. Se tudo der certo, ainda este ano lanço alguma coisa, nem que seja por conta própria.

A literatura é tudo, embora tenha ouvido dizer que existe um negócio chamado vida que disseram ser muito interessante.

Até qualquer hora.

 

Aviso de aniversário

megafone

Na semana em que blog faz aniversário de cinco anos, aumenta o número de narrativas publicadas. Será uma por dia de amanhã até sexta. No sábado, data oficial, o número aumenta, serão 12 publicações, todas elas com tema comum: o bestiário, parte de uma longa tradição que funciona para falar de maneira lateral sobre qualquer assunto, de modo a dar margem a inúmeras interpretações. Isso comprova a tendência do ser humano a ser o mais absurdo dos animais.

No dia 20, portanto, uma narrativa de bestiário aparecerá no blog a cada duas horas, sempre mantendo a preferência pelos números ímpares. Portanto, de 1h até às 23h, doze narrativas serão publicadas ao todo. São fábulas sobre descontroles, rebeliões, descontentamento e outros assuntos também animados. O leitor pode escolher entre ler tudo de uma vez, depois da publicação, voltar várias vezes por dia ao blog, ou simplesmente pular o tema, como achar melhor.

 

Aviso de mostra de cinema literário

megafone

Começou ontem (25) com José & Pilar e vai até sexta (28), depois de amanhã, a Mostra Internacional de Cinema Literário: José Saramago. No Museu Nacional, sempre às 19h, com exibição de filme e um comentarista que em seguida discute a relação entre cinema e literatura.

Hoje, o filme é Embargo, baseado num conto que está no livro Objeto quase. Amanhã, o filme é A jangada de pedra.

Na sexta, 28, quando o comentarista serei eu, o filme é Ensaio sobre a cegueira, de Fernando Meirelles.

A entrada é franca e todos sintam-se convidados.

Folder_Mostra_Saramago

 

Aviso de entrevista

megafone

Hoje e amanhã apareço na televisão e manda a minha vaidade, a quem a desobediência sempre custou caro, que eu avise os amigos. O programa Leituras fez entrevista comigo e outras pessoas, certamente mais interessantes.

Será veiculado na TV Senado hoje, às 19h, e amanhã em dois horários, 1h e 11h, ou seja, madrugada de início de domingo e o meio da manhã. São três horários.

A conversa segue em torno do livro No compasso das letras (Editora Terceiro Setor), que escrevi, a respeito de literatura brasiliense. Bom momento para verificar se falo alguma coisa que preste, mas a leitura do livro sempre sobressai, nele consigo ser mais detalhado.

Quem fez a entrevista foi o Maurício Melo Júnior, apresentador do programa e generoso na condução.

Se alguém tiver interesse, pode conferir.

 

Aviso de doação

 

00 CAPA

megafone

 

Então. Fiz um livreto com algumas poucas micronarrativas antes publicadas aqui no blog, uma coletânea do que julguei que valia a pena ser editado. De modo que tenho esses livretos com quinze histórias. Alguém se interessa?

Se for o caso, me mande um e-mail (paulopaniago@gmail.com) até meia-noite de amanhã, sexta-feira, dia 7, com o seu endereço e terei prazer em enviar um exemplar, que é assim meio à toa, mas que me deixou bem contente e pode ser que te agrade.

 

aviso de interrupção temporária

megafone

pessoas, hoje é aniversário do blog. tornou-se um meninão de quatro anos.

o autor está de férias e em viagem pelo interior —- do país e de si mesmo, acredita-se.

de modo que o blog ficará sem novas narrativas até início de janeiro. respostas a comentários e novas narrativas podem ou não acontecer, a depender das conexões virtuais do período.

entretanto, algumas publicações de imagens ocorrerão nesse período. sobretudo imagens de séries, como aconteceu ontem com marilyn. bom intervalo de festas a vocês.

 

aviso

megafone

mudança de endereço: o desaforos agora é desaforos.com. não precisa mais o nome wordpress no meio. espero que os assinantes continuem a receber normalmente os posts em bases diárias. com bônus: ninguém precisa mais levar publicidade indesejada e não solicitada (irc!).

 

aviso pascoalino

megafone

começa amanhã e se estende por uma semana uma série com um personagem chamado pascoal pimenta, um sujeito que sabe se relacionar com a felicidade.

as fotos serão sempre de philippe halsman, que se tornou conhecido por fotografar atores do cinema ou do mundo das artes em geral em meio a saltos.

o salto da felicidade, uma ideia que suponho que agradaria a pascoal, o pândego.

 

aviso nanocontístico

megafone

 

entre janeiro e início de fevereiro de 2011, publiquei a série nano, com três nanocontos por dia. nova sequência, que permanecia inédita, volta amanhã, com numeração que reinicia. espero que os leitores apreciem. e como se trata de continuação, a numeração dos contos continua de onde havia parado (o último publicado foi o de número 54). a diferença é que serão publicados blocos de seis textos, com imagens de alessandro puccinelli.

 

aviso de lançamento

megafone

hoje não tem micronarrativa, mas convite. será lançado à noite o meu livro literatura brasiliense — no compasso das letras. é parte de uma coleção de dez títulos a respeito da arte e esporte na cidade, editado pelo instituto terceiro setor. será no foyer da sala villa-lobos do teatro nacional. de modo que ficarei feliz de encontrar quem se dispuser a ir até lá para uma conversa, quem sabe um autógrafo, essas coisas.

 

serviço

o quê lançamento do livro literatura brasiliense

onde foyer da sala villa-lobos do teatro nacional

quando hoje, quinta-feira, dia 20, de 19h às 22h

quanto o primeiro livro é gratuito. para adquirir outros exemplares da coleção, será necessário comprar uma cesta que será doada (cada cesta dá direito a quatro títulos)

traje alegria

 

aviso herzogiano

o blog tem andado cheio de avisos, eu sei, eu sei.

mas é que amanhã se inicia uma série nova. chama-se pílulas de sabedoria do dr. herzog, ou psh.

recentemente li o romance herzog, de saul bellow, e não apenas foi a principal influência direta sobre o romance que escrevo neste momento, como está cheio de frases que funcionam inclusive fora de contexto. de modo que resolvi compartilhar com os leitores algumas dessas frases.

as fotos que acompanham a série são todas de uma mesma fotógrafa, vivian maier. conhecida por fazer fotos urbanas na segunda metade do século passado, nos estados unidos, para onde migrou, ela tem um tipo de registro que me parece casar bem com o de herzog.

a série será publicada sempre no fim da tarde e não vai interferir com outras narrativas em andamento por aqui, ou seja, ela vem como bônus diário. espero que os leitores apreciem.

penso em depois, mais tarde, fazer outra com philip roth, mas o difícil nesse caso seria fazer a seleção…

 

aviso

a partir de hoje o blog começa uma série intitulada projetowich. o  título é homenagem à ilustradora, amberlee rosolowich, uma jovem e talentosa artista da califórnia, salvo engano.

serão seis dias de histórias. três delas tendo como personagem júlia, outras três com o pequeno nicolau. espero que os leitores apreciem.

 

colaborações

segue, abaixo, colaboração de paulo renato souza cunha para o desaforismos. não é a primeira vez, o blog já publicou fotos e textos dele em outras ocasiões e pensa que elas devem se intensificar daqui para a frente, o que deixaria a todos bem contentes. em troca, faço colaborações lá no fora da baleia [endereço no link ali na lateral]

é reflexão provocativa, o que ele faz: qual futuro para leitura e leitores? bem-vindo, paulo. leitores, desfrutem.